Notícias

Cristãos são preparados para enfrentar perseguição religiosa

Cristãos são preparados para enfrentar perseguição religiosa

Ação é promovida com o apoio da Portas Abertas

Um missionário, cuja identidade não pode ser revelada por motivos de segurança, está preparando cristãos para enfrentarem a perseguição religiosa em regiões como o Oriente Médio e no norte da África.

O projeto chama-se Treinamento de Conscientização sobre a Perseguição, promovido pela Portas Abertas. A ação tem a intenção de trazer, à luz dos textos bíblicos, base argumentativa sobre perseguição religiosa com práticas para lidar com a situação.

Segundo o missionário, ao questionar se as pessoas se sentem perseguidas, ninguém responde. No entanto, quando percebem que o ambiente é seguro, os apoiadores à Igreja Perseguida começam a se pronunciar.

“Eu me sinto perseguido quando estou em um ônibus público e o motorista coloca um CD com versos corânicos no volume máximo. Não há como ignorar isso; eles estão me forçando a ouvir aquela mensagem”, afirmou um dos participantes do treino.

Outra pessoa também pontuou. “Qualquer coisa feita publicamente no Nome de Jesus nos colocará em problemas. Falar em público contra o ensino dos imãs e mulás é também algo ‘problemático’. E o que dizer de estar na companhia de cristãos que abandonaram suas origens muçulmanas? Isso definitivamente me causará problemas”.

O projeto da Portas Abertas consiste em três dias de orientações, cujo objetivo principal é de preparar cristãos para perseguições religiosas no Oriente Médio, quando as tentativas se iniciarem.

O missionário que desenvolve o projeto falou sobre a iniciativa da Portas Abertas e a sua participação. “O objetivo é ajudá-los a entender a perseguição religiosa que eles sofrem, dando-lhes uma base teológica sobre isso. Assim eles saberão como entendê-la, biblicamente e historicamente”.

O líder ainda afirma que as perseguições variam conforme os locais. “Realmente depende da região e de como os participantes respondem às perguntas”, afirmou o missionário.

“Quando realizamos esse treinamento em 2014 com um grupo de pastores evangélicos em um dos países do Oriente Médio, eles imediatamente falaram de forma aberta, responderam às questões e continuaram a pedir mais informações teológicas sobre o assunto”, acrescentou.

Ele disse que a abordagem é um tanto inédita nos estudos bíblicos em geral. “De alguma forma, isso é um ponto cego nos seminários e escolas bíblicas. Para muitos de nós, é realmente algo revelador saber que a Bíblia tão claramente prepara os cristãos para serem perseguidos e enfrentarem este contexto de perseguição”.

Fonte: Gospel Prime




< Voltar

Copyright 2017 - Projeto Evangelístico Jesus Aqui